A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

05/12/2013

Os Heróis das 56 Invictas (Parte II)

05/12/2013 + 0 Comentários
OPINIÃO

NOTA INICIAL: Apesar de várias tentativas - por questões "técnicas" - não foi possível editar todos os quadros que elaborei para homenagear os que continuam a fazer frente ao "Sistema" por  manterem o recorde de 56 jornadas consecutivas sem perder. Ontem (os jogos, adversários e estádios). Hoje (os golos e os seus marcadores). Amanhã a III parte.

O Mestre e o Pupilo. O treinador John Mortimore, estratego com classe e Shéu, pêndulo do meio-campo: eficaz a defender e decidido a contra-atacar

Quem marcou os 119 golos (cronologia)?
Foi Vítor Baptista a abrir as "hostilidades" marcando o primeiro golo na primeira vitória (2-1 ao Boavista FC) iniciando a série de 56 triunfos consecutivos nos quais o "Glorioso" obteve 119 golos. A fechar este ciclo, notável e único, Rui Lopes com os últimos dois golos (ou três nos quatro tentos finais). No total foram 17 os futebolistas a marcarem 117 golos, pois o Clube beneficiou de dois autogolos. Nené além de ser o melhor marcador neste período de 56 jogos invicto, consegue ainda, por duas vezes marcar quatro golos consecutivos, ambos repartidos por duas jornadas: Leixões SC e SC Beira-Mar, na primeira vez e Associação Académica Coimbra e Vitória FC Setúbal.

N.º
Marcador
Min.
Clube
1
Vítor Baptista
55
Boavista FC
2
Nélinho
78
"
3
Nené
02
CF "Os Belenenses"
4
Ant.º B. Lopes
08
"
5
Vítor Baptista
11
"
6
Nené
17
Varzim SC
7
Nené
70
"
8
Vítor Baptista
56
Vitória SC Guimarães
9
Nené
65
Portimonense SC
10
Vítor Baptista
90
"
11
Shéu
20
Leixões SC
12
Vítor Baptista
34
"
13
Nené
84
"
14
Chalana
20
SC Beira-Mar
15
Pietra
27
"
16
Shéu
18
CD Montijo
17
Chalana
53
"
18
Nélinho
72
"
19
Nené
90
"
20
Chalana
11
FC Porto
21
Nené
03
Atlético CP
22
Nené
08
"
23
Vítor Martins
27
"
24
Nené
74
"
25
Nené
81
"
26
Alhinho
90
"
27
Vítor Martins
21
Sporting CP
28
Chalana
83
"
29
Nélinho
70
SC Braga
30
Nené
05
GD Estoril Praia
31
José Luís
40
"
32
Nélinho
44
"
33
Vítor Martins
70
"
34
Nené
79
"
35
Nélinho
83
"
36
Chalana
36
As. Académica Coimbra
37
Shéu
31
Vitória FC Setúbal
38
Vítor Martins
46
"
39
Shéu
48
"
40
Vítor Martins
10
Boavista FC
41
Nélinho
64
"
42
Chalana
76
"
43
Nené
78
CF "Os Belenenses"
44
Chalana
30
Varzim SC
45
Nélinho
84
Vitória SC Guimarães
46
Autogolo
14
Portimonense SC
47
Nélinho
65
"
48
José Luís
67
"
49
Shéu
80
"
50
Nené
85
"
51
Pietra
51
Leixões SC
52
Nené
60
"
53
Nené
13
SC Beira-Mar
54
Nené
55
"
55
Nené
64
"
56
Alhinho
73
"
57
Nélinho
76
CD Montijo
58
Chalana
13
FC Porto
59
Pietra
53
"
60
Pietra
61
"
61
Vítor Martins
40
Atlético CP
62
Nené
73
"
63
Chalana
05
Sporting CP
64
Vítor Baptista
26
CF "Os Belenenses"
65
Chalana
34
"
66
Ant. Bastos Lopes
79
Vitória SC Guimarães
67
Pietra
03
Varzim SC
68
Pietra
77
"
69
Chalana
26
Boavista FC
70
José Luís
05
SC Espinho
71
Celso
21
"
72
Chalana
08
Portimonense SC
73
Vítor Baptista
11
"
74
Pietra
78
"
75
Vítor Baptista
40
SC Marítimo
76
Chalana
59
"
77
Shéu
61
"
78
Cavungi
65
"
79
Vítor Baptista
86
"
80
Vítor Baptista
89
"
81
Vítor Baptista
15
As. Académica Coimbra
82
Nené
19
"
83
Nené
45
"
84
Nené
42
Vitória FC Setúbal
85
Nené
56
"
86
Chalana
84
"
87
Shéu
12
GD Estoril Praia
88
Cavungi
23
"
89
Nené
77
"
90
Nené
58
CD Feirense
91
Nené
11
CD Riopele
92
Toni
79
"
93
Vítor Baptista
89
"
94
Vítor Baptista
52
Sporting CP
95
Toni
45
Vitória SC Guimarães
96
Nené
64
"
97
Humberto Coelho
83
Boavista FC
98
Celso
89
"
99
Nené
39
SC Espinho
100
Rui Lopes
43
"
101
Pietra
44
"
102
Humberto Coelho
67
"
103
Nené
85
"
104
Chalana
61
Portimonense SC
105
Shéu
77
CS Marítimo
106
José Luís
61
As. Académica Coimbra
107
José Luís
69
"
108
Nené
74
"
109
Eurico
43
Vitória FC Setúbal
110
Chalana
09
GD Estoril Praia
111
Shéu
51
"
112
autogolo
03
FC Porto
113
Shéu
39
CD Feirense
114
Jorge Silva
87
"
115
Nené
09
CD Riopele
116
Rui Lopes
23
"
117
José Luís
76
"
118
Rui Lopes
79
"
119
Rui Lopes
73
FC Barreirense

O golo n.º 94 ao jogo n.º 41. 12 de Fevereiro de 1978. O Dia Em Que Vítor Baptista Perdeu o Brinco. Na actualidade, esse sítio-do-brinco-nunca-encontrado está asfaltado e é uma rua paralela à actual Catedral.
Quem marcou os 119 golos (totais)?
Os 17 jogadores que concretizaram os 117 remates certeiros (mais dois autogolos) deram expressão à qualidade e classe da equipa, superiormente orientada por John Mortimore.


O invulgar SETE
Entre todos destaca-se o "fabuloso 7": Nené, com 31 golos: 21 com os pés, cinco de "bola parada" e todos dentro da grande-área, fazendo jus ao seu invulgar sentido de oportunidade. Iniciando a carreira como extremo-direito (a origem do número) derivou depois para ponta-de-lança, para suprir as necessidades do plantel quando uma decisão "sem nexo" de um dirigente impediu que Jordão regressasse ao "Glorioso", inexplicavelmente, quando sabia que o outro ponta-de-lança Vítor Baptista tinha um comportamento social que o impedia de ter um rendimento constante, primando por enorme imprevisibilidade.


Golos de todas as "cores e feitios"
Dos 119 golos foram 117 os obtidos por futebolistas com o "Manto Sagrado". Destacam-se 105 dentro da grande-área e doze fora da mesma. Em 117 golos, 93 foram marcados com os pés e 24 através de cabeceamentos, com 96 concretizados após lances de "bola corrida" e 21 na sequência de "bolas paradas": oito de pontapés de canto (4 de pontapé e 4 de cabeça), sete após marcação de pontapés livres-indirectos (4 de pontapé e 3 de cabeça), seis na sequência de pontapés livres-directos (todos de grande penalidade).


N.º
Marcador
Corpo
Tipo Jogada
Grande-Área
Cab
Corrida
Parada
Dentro
Fora
119
TOTAIS (117 + 2)
93
24
96
21
105
12
31
Nené
21
10
26
5
31
-
16
Chalana
15
1
14
2
14
2
13
Vítor Baptista
12
1
11
2
12
1
10
Shéu
7
3
9
1
6
4
9
Nélinho
7
2
8
1
8
1
8
Pietra
8
-
6
2
6
2
6
Vítor Martins
5
1
6
-
6
-
6
José Luís
4
2
3
3
6
-
4
Rui Lopes
3
1
3
1
4
-
2
Ant.º B. Lopes
2
-
2
-
2
-
2
Alhinho
2
-
2
-
2
-
2
Celso
2
-
1
1
2
-
2
Cavungi
2
-
1
1
2
-
2
Toni
2
-
2
-
-
2
2
Humberto Coelho
1
1
1
1
2
-
1
Eurico
-
1
-
1
1
-
1
Jorge Silva
-
1
1
-
1
-
2
Autogolos



Nem com ajudas espúrias

O FC Porto voltou a falhar o assalto às 56 jornadas invictas do "Glorioso". Nem as proençadas, xistradas, sousadas e capeladas lhes valeram. Querem a explicação para a fúria de uma noite mal dormida junto à VCI. Na primeira frase está a explicação.
 
Glória aos gigantes que fizeram história no futebol português

Alberto Miguéns

NOTA FINAL: Amanhã a parte III (Futebolistas utilizados nas 56 jornadas consecutivas)


0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail