A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

24/11/2013

Quem Joga Para o Empate...

24/11/2013 + 0 Comentários
... Arrisca-se a Perder

OPINIÃO

1-0 por Matic (Golo-rioso n.º 12 579)



Num jogo de sofrimento, para espectadores e jogadores do Benfica, salvou-se um soberbo golo de Matic.

O "Glorioso"
Muita dificuldade em produzir jogo face ao "autocarro bracarense". Que tem jogadores com capacidade para desequilibrar em progressão, no um-para-um e alvejar a baliza. Sem saber ler e escrever, esta táctica - tudo atrás à espera de uma abébia - deu duas bolas na trave em cada uma das balizas. O "Glorioso" necessita de entrar em rotação de rolo compressor. Para marcar cedo e gerir tempos e jogadas. E desgastar autocarros e outras "malandrices". Ainda bem que acabaram os interregnos para os jogos das selecções nacionais. Tiram "ritmo de equipa" a quem sabe e quer jogar. Quem joga desgarrado sofre menos com esses intervalos competitivos. Para marcar cedo a estas equipas - incluo arbitragens manhosas - necessitamos do rolo compressor que o treinador tem sabido implantar no futebol do Clube e depois não falhar nos momentos das grandes decisões. Pode-se criticar o treinador, qualquer treinador, em vários "assuntos" mas há que reconhecer que, em qualidade, o Benfica pratica o melhor futebol em Portugal desde que é treinado por Jorge Jesus.  Só que a qualidade no futebol - o sucesso de uma equipa, de um clube de futebol - não se mede em espectáculo, mede-se em conquistas de troféus e títulos.

SC Braga: o menor dos "Grandes" ou o maior dos "Pequenos"?
Para um clube que se auto-glorifica como o "Terceiro Grande", joga como um pequeno, muito pequeno, pequenino.  Não vejo os jogos do SC Braga. Apenas vou acompanhando a sua pontuação. Nos últimos tempos, a ausência deles, dos pontos, e somatório de derrotas. Este tipo de futebol, em jogos frente a equipas que também jogam à defesa, sem darem espaço, só pode dar nisso... em derrotas. Com jogadores como os que o SC Braga tem no plantel não podem jogar assim! Sem assumirem o jogo! Em contenção, à espera do erro adversário! Pequeniníssimo. H(à) Jesualdo Ferreira!




A arbitragem
Muito pequenina. Miserável. Mas esperto. Num jogo facílimo de arbitrar. Então a partir do 0-1 fez do campo uma ladeira para os bracarenses terem vidinha facilitada. Aos 28 minutos Gaitán isola Siqueira que podia servir Lima isolado frente à baliza bracarense e aos 52 minutos Rúben Micael placa Garay na grande-área, também denominada área de grande penalidade. As placagens estão proibidas no futebol desde a criação deste em 26 de Outubro de 1863. Quando são efectuadas a punição é um pontapé livre directo. Na área de grande penalidade é um pontapé da marca dos onze metros. Simples, não é? Até ao remate certeiro de Matic, ou seja, até à vantagem do "Glorioso", contra o Benfica um fora-de-jogo de meio-golo e uma grande penalidade de palmo e meio. Aquele gesto de mexer os dedos, percebe-se...

Que árbitrozinho. "Viu mal" ou foi mal auxiliado pelo árbitro auxiliar. O auxiliar n.º 1!

Que árbitrozinho. "Viu mal" ou foi mal auxiliado pelo árbitro auxiliar. O auxiliar n.º 2! Um ou dois! Valem pouco!

Matic
És grande. Um enorme futebolista. Com genica. Sem nunca desistir. És como o Benfica! És Benfica!

E quanto às actualizadas cifras "anormais" do FC Porto
Continua a luta. O FCP já foi ajudado inúmeras vezes, nesta temporada de 2013/14, para não sair derrotado e liderar o 80.º campeonato nacional. Quantos destas vitórias e empates não são "artificiais"!?

JORNADAS DO CAMPEONATO NACIONAL
FC PORTO
Jor
09/10
10/11
11/12
12/13
13/14
1

V 1-0
V 1-0
E 0-0
V 3-1
2

V 3-0
V 3-1
V 4-0
V 3-0
3

V 2-0
V 5-2
V 3-0
V 1-0
4

V 3-2
V 3-0
V 4-0
V 2-0
5

V 2-0
E 0-0
E 2-2
E 2-2
6

V 2-0
E 2-2
V 2-0
V 1-0
7

E 1-1
V 3-0
V 2-1
V 3-1
8

V 5-1
V 5-0
V 5-0
V 3-1
9

V 1-0
V 3-0
V 2-1
E 1-1
10

V 5-0
E 0-0
V 2-0
E 1-1
11

V 2-0
V 3-2
V 1-0

12

E 1-1
V 2-1
V 3-0

13

V 1-0
V 2-0
V 1-0

14

V 3-0
E 0-0
E 2-2

15

V 4-1
V 2-0
V 2-0

16

V 3-1
V 3-1
V 5-0

17

V 1-0
D 1-3
V 4-0

18

V 1-0
V 4-0
E 1-1

19

V 2-0
V 3-1
V 2-0

20

V 3-0
V 2-0
V 2-1

21
D 0-3
V 3-0
V 3-2
E 0-0

22
E 2-2
V 2-0
E 1-1
V 2-0

23
V 2-1
V 2-0
V 2-0
E 1-1

24
V 3-0
V 3-1
E 1-1
V 3-0

25
V 4-1
V 2-1
V 2-0
V 3-1

26
V 1-0
V 3-2
V 1-0
V 3-0

27
V 3-0
V 3-2
V 3-0
V 2-0

28
V 5-2
V 4-0
V 2-0
V 3-1

29
V 3-1
E 3-3
V 2-0
V 2-1

30
V 4-1
V 2-0
V 5-2
V 2-0

TOT
8 V
1 E
27 V
3 E
23 V
6 E
1 D
24 V
6 E
7 V
3 E

Sem margem para errar
O "Glorioso" com o ponto de desvantagem para o FC Porto, para levar a discussão do título até final da competição não pode perder mais pontos enquanto o FCP não perder pontos. Terá de vencer sempre, por que o “Futeluso” protege o FCP... sempre. Nas últimas 109 (cento e cinco! repito 109) jornadas o FCP perdeu… um jogo! Com 19 empates e a restante diferença em vitórias: 89! Com treinadores como Jesualdo Ferreira, Villas Boas, Vítor Pereira e... Paulo Fonseca!

Quando é que isto vai acabar? Já chega!

Alberto Miguéns
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail