A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/06/2013

Na Luz?! Só de Manto Sagrado!

11/06/2013 + 1 Comentários
PERGUNTA

Comentário de um leitor (anónimo) do EDB: «Não me diga que houve Glórias do Benfica que nunca jogaram no Estádio da Luz por Portugal?»

OPINIÃO COMO RESPOSTA
 
Pois houve!
Há futebolistas históricos do futebol português que nunca jogaram no estádio do seu clube, o Benfica, com a camisola da selecção nacional. Por exemplo, alguns futebolistas que jogaram, entre 1954 e 1971, em estádios portugueses de clubes, mas nunca no estádio da Luz: Costa Pereira (dois jogos nas Antas, um em Alvalade e um no Restelo); José Águas (um nas Antas e dois em Alvalade); Ângelo (um nas Antas, dois em Alvalade e um no Restelo); Coluna (cinco nas Antas, três em Alvalade e um no Restelo); Cavém (dois nas Antas); Mário João (um em Alvalade); Cruz (dois nas Antas, um em Alvalade e um no Restelo); Germano (três nas Antas e um em Alvalade); José Augusto (cinco nas Antas, um em Alvalade e um no Restelo); José Torres (quatro nas Antas e um em Alvalade).

FUTEBOLISTAS DO BENFICA QUE JOGARAM NA SELECÇÃO NACIONAL ENTRE 1954 E 1971
(Apenas jogos em Portugal, excepto Estádio Nacional e Estádio Salazar, em Lourenço Marques (actual Maputo) capital de Moçambique)
Futebolista
Antas
José Alvalade
Restelo
Luz
Costa Pereira
2
1
1
0
José Águas
1
2
0
0
Ângelo
1
2
1
0
Coluna
3
3
1
0
Alfredo
1
0
0
0
Cavém
2
0
0
0
Mário João
0
1
0
0
Cruz
2
1
1
0
Germano
3
1
0
0
José Augusto
5
1
1
0
Eusébio
5
3
1
0
Raul
2
0
1
0
Simões
1
1
1
0
José Torres
4
1
0
0
Iaúca
1
0
0
0
Ferreira Pinto
1
0
0
0
Jaime Graça
1
0
0
0
Humberto Coelho
0
1
0
0
Jacinto
0
2
0
0

Poucos jogos no estádio da Luz e só depois de 1971
Apesar de tudo - a selecção nacional estar afastada da Luz durante 17 anos (1954/1971) - houve futebolistas que ainda conseguiram jogar no "seu" estádio.
Eusébio já tinha nove jogos em estádios de clubes adversários quando se estreou na Luz. Conseguiu ainda quatro  jogos, menos dois que os seis nas Antas;
Simões já tinha três jogos quando se estreou na Luz. No final três jogos no "seu" estádio e quatro fora dele, em estádios de clubes adversários;
Jaime Graça já tinha um jogo nas Antas quando fez dois no Estádio da Luz;
Humberto Coelho, da geração dos anos 70 fez cinco jogos na Luz, depois de se estrear em Portugal no estádio do Sporting CP.

FUTEBOLISTAS QUE ESTREANDO-SE NA SELECÇÃO NACIONAL ENTRE 1954 E 1971 AINDA FORAM A TEMPO DE JOGAR NO ESTÁDIO DA LUZ
Futebolista
Antas
José Alvalade
Restelo
Luz
Eusébio
6
3
1
4
Simões
2
1
1
3
Jaime Graça
1
0
0
2
Humberto Coelho
1
2
0
5

Recordemos que as personalidades do Estado Novo, entre 1926 e 1974, enquanto entidades oficiais - a nível particular iam onde e quando queriam como qualquer outro cidadão - só estavam presentes em dois tipos de jogos de futebol: nas finais da Taça de Portugal (realizadas depois de 1945 no Estádio Nacional, excepto em 1960/61 que foi no estádio das Antas, num FC Porto - Leixões SC) e nos jogos da selecção nacional.

Selecção nacional na Luz!? Só depois de 1971. Os dirigentes políticos tinham "miaúfa" na Luz!

Alberto Miguéns
1 comentários
comentários
  1. Os "porcos" azuis deviam ler isto e perceber o quanto são ridículos com a conversa do clube do "regime"!!!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail