A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

29/06/2013

Demagogia a Quanto Obrigas

29/06/2013 + 4 Comentários
OPINIÃO

«Quem não quer pensar, é imbecil; quem não consegue pensar, idiota; quem não ousa pensar, um cobarde»
Francis Bacon (1561 - 1626), natural de Wimbledon (Londres)


O que se passou em Inglaterra, no Torneio de Wimbledon ilustra na perfeição a "qualidade" dos media portugueses e o modo como "endeusam" quem ganha, nada questionando. Apesar do "assunto" Michelle Brito não dizer respeito ao Benfica (ela até se confessa sportinguista) é "interessante" por mostrar as dificuldades com que o Benfica tem de se confrontar.

A tenista portuguesa venceu Sharapova com "toda a sorte do Mundo"
Foi uma enorme e justa vitória da tenista portuguesa (n.º 131 da classificação mundial) frente a uma personalidade (e personagem) feminina histórica do ténis mundial. Mas... só foi possível porque Sharapova já estava lesionada antes do encontro se iniciar e mais limitada ficou por tentar vencer Michelle Brito, indo para lá do limite, sofrendo uma queda que a afectou definitivamente. Mas isto é desporto. Faz parte dele. M. Brito limitou-se a jogar o melhor que sabe, honrando a sua profissão e a modalidade, vencendo a n.º 3 mundial que teve um comportamento exemplar: não desistiu, resistiu até ao limite e no final não se desculpou, valorizando a vitória da antagonista. Chama-se a isto "fair-play". O verdadeiro "desportivismo", tradução larga para "fair-play" aplicado ao desporto.

Conceito de "Vitória Mais Bela" para a imprensa chauvinista: Aproveitar para vencer um adversário muito mais forte quando este está em evidentes dificuldades físicas. Dá-lhe...

Os media portugueses chauvinistas tentaram aproveitar-se de uma circunstância (feliz para Brito e infeliz para Sharapova) para fazerem demagogia
Em vez de darem o merecido relevo ao acontecimento, mas fazerem a reportagem que se justificava, explicando o que se passara - bastava consultarem a imprensa inglesa e da especialidade - quiseram formatar a Opinião Pública, em vez de esclarecerem, informarem e formarem. Tipicamente uns media terceiromundistas. Aproveitam tudo - até o que não devem - para serem demagógicos. E pior, trataram logo de desvalorizar a próxima adversária que até está melhor colocada na classificação mundial, ou seja, com maiores probabilidades de eliminar a portuguesa. Como aconteceu... A italiana (104.ª) deu-lhes "sopa"! M. Brito (131.ª) é a menos culpada de a terem utilizado para fazer demagogia.

Portal do jornal "A Bola"; 28 de Junho de 2013


Os media portugueses nunca questionam o poder, de uma forma sistemática e coerente
Por tradição os media portugueses são coniventes com o poder, seja ele qual for (político, económico, desportivo, ...), mesmo que seja ilegítimo, ilegal e incomodativo. Foi assim com as ideologias no século XX. Em 1910, de anti-repúblicanos passaram a ferozes anti-monárquicos. Em 1926, de anti-totalitários passaram rapidamente a anti-democráticos. Em 1974, de anti-comunistas passaram num ápice a anti-fascistas! Em 1910 e 1926, vi e li a "transformação" na Biblioteca Nacional e Hemeroteca Municipal de Lisboa quando andei por lá a fazer a história do futebol do "Glorioso". Em 1974 assisti à transformação, ao vivo e a cores. Demorou um mês! Em finais de Maio de 1974 cada um - jornais, rádios e RTP - queria "ser mais comunista que o outro"! Quando em 24 de Abril eram do "piorio", ou seja, mais salazaristas e marcelistas que o dr. António Salazar e o prof. Marcelo Caetano (a excepção foi o jornal República, anti-Estado Novo antes do 25 de Abril, mas depressa acabaram com ele em 1975, no PREC - Processo Revolucionário Em Curso). Os tecnocratas dos media, em Portugal, pensam-se como "quarto poder" mas também pensam que não se justifica o incómodo. Justificam sempre o sucesso. Se ganham (e mantêm-se vitoriosos) é porque são os melhores. Não interessa como ganham. Ganham! Glória aos vencedores, por que sim...



É mentira
Em Portugal nunca houve ciclos de hegemonia no futebol desde a criação do campeonato nacional. Houve períodos: indefinição (1934/35-1945/46), Sporting CP (1946/47-1953/54), SL Benfica (1954/55-1993/94) e FC Porto (depois de 1994/95). Para o Benfica ser, novamente, hegemónico (ou seja estabelecer, pela primeira vez, ciclos) tem de sobrepor-se aos "métodos corruptivos" do FC Porto e à indiferença perante as vigarices do FCP por parte dos media! Terá de fazer - e ganhar - uma "luta" em solitário!

Os media não vão mexer "uma palha" para desmascarar a mentira, corrupção, vigarice e hipocrisia. Não faz parte do seu ADN (Andar Demasiado Negligente)

Alberto Miguéns

NOTA (às 11.00 horas): Sá Pinto apontado entre Março e Maio de 2013 como "mais um dos grandes treinadores de sucesso do futebol português" já era. Este paradigma de qualidade técnica afinal era tão bom que foi despedido pelos sérvios (ou despediu-se, segundo os media tugas). E passou rapidamente de vice-rei de Belgrado a sem clube e agora a especialista em futebolistas sérvios do Benfica. Os treinadores portugueses são sempre bons, principalmente como ex-treinadores, treinadores em países de coeficientes FIFA abaixo do 50.º lugar e comentadores nas rádios & televisões & jornais. Deixemos para amanhã mais comentários acerca deste assunto SP: Sá Pinto ou Sem Paio!
4 comentários
comentários
  1. Excelente. Em defesa do Benfica. E da Verdade.

    ResponderEliminar
  2. Excelente trabalho Alberto; fantástico, mas faço uma resalva;embora esporádicamente, há umas ilhas na CS de que fala! De resto, vigora o ancestral critério; quem ganha tem sempre razão e quem disser o contrário...f....!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo4/7/13 20:53

    Caro Alberto:

    Vi o sorteio e pode aproveitar o modelo da época passada daquele artigo acerca das coincidências do calendário.
    este ano repete-se a mesma receita.
    Quantas vezes o porto joga com adversários que nos enfrentaram na jornada anterior?
    a combinação das primeiras cinco jornadas é assombrosa. até colocaram o sporting benfica para garantir uma boa receita ao botafogo do lumiar...
    cumprimentos,
    Jorge Pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge Pereira

      Ao que escrevi em 8 de Julho de 2012 não retiro uma vírgula. Vou tentar saber se viram colocar os números 0, 1 e 2 no primeiro pote e de 0 a 9 nos restantes seis potes. Se nao viram... até pró ano! Se viram segue-se a segunda verificação. Se antes do sorteio da chave distribuiram todas as chaves do sorteio.Se não, afirmo: não acredito nos sorteios.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail