A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

09/06/2013

Apanham-se Mais Depressa os Mentirosos…

09/06/2013 + 5 Comentários

Que os Coxos

OPINIÃO

Os "Magriços" impedidos ou "proibidos" de jogar no Estádio da Luz. Neste onze estão seis (mais um Jaime Graça que assinou pelo Benfica no verão de 1966): Em cima o capitão da selecção, Germano. Em baixo o quinteto maravilha: José Augusto, Eusébio, José Torres, Coluna e Simões.
Como esperava, o texto de ontem/anteontem devidamente fundamentado é uma “pedrada” na mentira que cola o Benfica ao Estado Novo. Uma mentira inventada no final dos anos 90 pelos andróides e que os Idiotas Úteis nos media vão reproduzindo ou deixando reproduzir.

A selecção estar meio-século (1921-1971) sem jogar num estádio do Benfica…
… e 17 anos (1954-1971) sem actuar no melhor e maior estádio do futebol português é a melhor forma de desmentir a palermice de ligar o Benfica ao Antigo Regime. Uma mentira que é grosseira porque se há clube que não estava ligado ao Estado Novo era o Benfica. Por isso não tinha a selecção nas suas instalações. Ao contrário do FCP e SCP que se "babavam" com ela.

Quase duas décadas, entre 1 de Dezembro de 1954 e 20 de /Abril de 1971, sem jogos na Luz
O estádio da Luz era o mais imponente, melhor apetrechado e com mais tradição, recebendo alguns dos jogos mais importantes da Taça dos Clubes Campeões Europeus, incluindo cinco meis-finais e dois jogos da Taça Intercontinental. Era um dos estádios míticos do futebol mundial, um dos que teve mais jogos europeus, entre 1960/61 e 1969/70, devido às nove presenças em dez épocas na Taça dos Clubes Campeões Europeus/TCCE (apenas interrompidas em   1966 com a presença na Taça das Cidades Com Feiras/ TcF). Foram 27 jogos na TCCE, mais dois na TCF. Em nove temporadas na principal competição da UEFA, cinco meias-finais, sete quartos-de-final e nove oitavos-de-final. Nas cinco meias-finais, em duas -  1962/63 e 1964/65 - o apuramento para a final foi conseguido no Estádio Glorioso. O estádio que tinha a melhor equipa de futebol europeia da década de 60 não podia ter a selecção nacional do país de origem desse melhor clube europeu. Mas que jogava no estádio do FCP (8 jogos) que envergonhava Portugal nas provas europeias, SCP (4 jogos) e até um jogo, no estádio do Restelo.

JOGOS EM PORTUGAL (1954 – 1971)
DA SELECÇÃO NACIONAL
Estádios
Proprietário
Total jogos
Estádio Nacional
Estado
23
Antas
FC Porto
8
José Alvalade
Sporting CP
4
Restelo
CF “Os Belenenses”
1
Salazar/ Lourenço Marques
Estado/
Moçambique
1

Uma selecção carregada de Benfiquistas
O Benfica era a mais poderosa equipa de Portugal que aliava ao facto de não contar com estrangeiros nas suas equipas. Ou seja, tinha plantéis cem por cento à disposição dos seleccionadores nacionais. Muitos e bons futebolistas com reflexo nas convocatórias da selecção nacional. E depois nos resultados dos jogos. Os "Magriços" em 1966, com seis/sete futebolistas do Benfica nos onzes de Portugal não jogaram NUNCA no Estádio da Luz em representação de Portugal na fase de apuramento (1964 a 1966). Depois da construção e inauguração da Saudosa Catedral a presença de futebolistas foi aumentando, passando dos poucos (dois ou três) para cinco ou mais a partir de 1959/60.

JOGOS EM PORTUGAL (37 encontros) DA SELECÇÃO NACIONAL POR NÚMERO DE FUTEBOLISTAS DO BENFICA (1954-1971)

SLB's (N.º)
Jogos
0
1
1
2
2
3
3
2
4
5
5
9
6
6
7
5
8
4

Os adeptos dos dois clubes que amigavam com o Estado Novo é que aproveitaram...
Ao contrário dos Benfiquistas que não puderam ver no seu estádio os valorosos atletas do clube em representação de Portugal, os adeptos do Sporting CP e do CF "Os Belenenses" chegaram a deliciar-se, nos seus estádios, com oito "Gloriosos", como em 17 de Maio de 1962 e 16 de Dezembro de 1962. E com sete foi um fartote: dois jogos no estádio das Antas (15 de Novembro de 1964 e 31 de Outubro de 1965). Em tempo de "Magriços"!

EXEMPLO DE JOGOS DA SELECÇÃO NACIONAL COM MAIS DE CINCO FUTEBOLISTAS DO “GLORIOSO”
Data
Estádio
Adversário
Futebolistas SLB
19.03.61
Est. Nacional
Luxemburgo
6
Costa Pereira, Ângelo, Germano, José Augusto, Coluna eJosé Águas
21.05.61
Est. Nacional
Inglaterra
8
Costa Pereira, Germano, Cruz, José Augusto, Santana, Coluna, Cavém e José Águas
04.06.61
Est. Nacional
Argentina
7
Costa Pereira, Germano, José Augusto, Santana, Coluna, Cavém e José Águas
17.05.62
José Alvalade
Bélgica
8
Costa Pereira, Mário João, Germano, Cruz, José Augusto, Coluna, Eusébio e José Águas
16.12.62
Restelo
Bulgária
8
Costa Pereira, Ângelo, Cruz, Raul, José Augusto, Coluna, Eusébio e Simões
21.04.63
Est. Nacional
Brasil
6
Costa Pereira, Cruz, Raul, José Augusto, Coluna e Eusébio
17.05.64
Est. Nacional
Inglaterra
8
Costa Pereira, Germano, Cruz, Raul, José Augusto, Coluna, Eusébio, Simões e Torres
15.11.64
Antas
Espanha
7
Costa Pereira, Germano, Cruz, José Augusto, Coluna, Eusébioe Torres
24.01.65
Est. Nacional
Turquia
6
Costa Pereira,José Augusto, Coluna, Eusébio, Simões e Torres
13.06.65
Est. Nacional
Roménia
7
Cavém, Raul, José Augusto, Coluna, Eusébio, Simões e Torres
31.10.65
Antas
Checoslováquia
7
Germano, Ferreira Pinto, José Augusto, Coluna, Eusébio, Simões e Torres
12.06.66
Est. Nacional
Noruega
6
Germano, Coluna, José Augusto, Eusébio, Simões e Torres
03.07.66
Antas
Roménia
6
Germano, Cruz, José Augusto, Coluna, Eusébio e Torres
12.11.67
Antas
Noruega
6
Raul, Jaime Graça, Coluna, José Augusto, Eusébio e Torres
27.10.68
Est. Nacional
Roménia
7
Jacinto, Humberto Coelho, Jaime Graça, Coluna, José Augusto, Simões e Eusébio
NOTA: A negro o capitão da selecção nacional

Apanham-se mais depressa os mentirosos (e os cúmplices da mentira) do que um coxo

Alberto Miguéns
5 comentários
comentários
  1. Anónimo9/6/13 00:34

    patriarca disse:

    Os gajos do Sistema insistem, mas NÓS os Homens de bem o melhor que podemos fazer a ESSES CORRUPTOS da verdade Desportive e humana é mandálos todos para a puta que os pariu.
    A única coisa que essa corja merece é O DESPREZO TOTAL dos Benfiquistas, mas infelizmente alguns que se dizem do Glorioso Benfica, PACTUAM e ALIMENTAM tais aldrabices Mafiosas.
    Avante, pelo Benfica, Avante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao podemos desprezar. Desprezar é nao negar, e quanto mais se repete uma mentira mais ela se torna uma "verdade"

      Eliminar
  2. Anónimo9/6/13 10:01

    bom dia Alberto gostaria de saber o que tem a dizer sobre estas afirmações: http://networkedblogs.com/LZich

    cumprimentos
    Paulo Malagueiro
    socio SLB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Paulo Malagueiro

      Não sei do que se trata.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  3. Contra factos não há argumentos, essas estorietas do estado-novo são moinhos de vento para entreter parolos quixotescos enquanto nos bastidores prosseguem as suas maquiavélicas maquinações incólumes

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail