A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

26/05/2013

Glorioso Jamor

26/05/2013 + 0 Comentários
OPINIÃO

NOTA: Texto (este e o de ontem) de homenagem aos Benfiquistas que me legaram um Clube Sem Igual, orgulho de gerações de portugueses, ontem, hoje e amanhã.

Obrigado! Simpatizantes, associados, dirigentes, treinadores e futebolistas que souberam fazer grande, muito grande, maior que todos os outros, um clube que nasceu pequeno como todos os outros.

Foi o vosso apego, competência, coragem, abnegação e amor a um Ideal que tornaram Glorioso o Benfica.

Vejo-vos, sinto-vos à noite, nos jogos na Catedral, quando olho para o Céu, a brilhar como estrelas no Quarto Anel.

Agradecimento sentido e respeitoso


Inauguração do Estádio Nacional (II parte)


Logo à tarde, pelas 17.15 horas, a grande final da competição nacional mais antiga do futebol português, cuja primeira edição remonta a 1921/22 então com o nome de Campeonato de Portugal. É o regresso do "Glorioso" a uma final que disputou em 37 edições, conquistando 27 troféus. A edição de 2012/13 é a 90.ª, numa competição interrompida duas vezes: em 1946/47 devido ao alargamento (mal calculado...) do campeonato nacional da I Divisão e em 1949/50 pelo facto do Benfica ter optado por jogar a Taça Latina em detrimento da Taça de Portugal. O primeiro troféu "Glorioso" foi conquistado em 1929/30 e o último em 2003/04.

Fazer respeitar a história dos confrontos com os vitorianos vimaranenses
O domínio do Benfica, frente ao Vitória SC, de Guimarães, é avassalador (ver Quadros I e II). No total, em 158 jogos, 109 vitórias (mais 85 que as 24 derrotas), 25 empates e 371 golos marcados (mais 233 que os 138 sofridos).

                                      QUADRO I
                   JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO
com Vitória SC Guimarães

Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
158
109
25
24
371
138
Campeonato Nacional
136
  93
22
21
318
117
Taça de Portugal
  12
    8
  1
  3
31
  13
Taça da Liga
    4
    3
  1
  -
9
   3
Torneios
    4
    4
  -
  -
   11
   4
Particulares
    2
    1
  1
  -
2
   1

Nas duas últimas décadas, desde 1990/91 continuamos a exercer uma superioridade factual que se traduz nos resultados: 41 vitórias (mais 31 que as dez derrotas) e sete empates, em 58 jogos, com 106 golos marcados (mais 63 que os 43 golos sofridos).

                                               QUADRO II
ÚLTIMOS 58 SLB vs VSC

Jogo
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
101
1990/91
CN
F
2-0


102
CN
C
2-0


103
1991/92
CN
C
2-0


104
CN
F
3-1


105

1992/93
CN
F
1-0


106
TP
F
2-1


107
CN
C
3-1


108
1993/94
CN
F
2-1


109
CN
C

0-0

110
1994/95
CN
F
3-1


111
CN
C


1-3
112

1995/96
CN
C

1-1

113
CN
F
4-2


114
TP
C
1-0


115
Par
C
1-0


116

1996/97
TP
C
3-2


117
CN
F


0-1
118
CN
C


0-1
119
1997/98
CN
C
1-0


120
CN
F
1-0


121
1998/99
CN
F
2-0


122
CN
C
3-1


123
1999/00
CN
F


1-2
124
CN
C
3-0


125
2000/01
CN
F
4-0


126
CN
C
1-0


127
2001/02
CN
C

0-0

128
CN
F
4-1


129
2002/03
CN
F

1-1

130
CN
C
4-0


131
2003/04
CN
C
2-0


132
CN
F
1-0


133
2004/05
CN
F
2-1


134
CN
C
2-1


135
2005/06
Par
F

1-1

136
CN
C
2-1


137
CN
F


0-2
138
TP
C


0-1
139
2007/08
CN
C

0-0

140
CN
F
3-1


141
2008/09
TCG
F
2-1


142
CN
F
2-1


143
TL
F
2-0


144
TL
C
2-1


145
CN
C


0-1
146
2009/10
TCG
F
2-0


147
CN
F
1-0


148
TP
C


0-1
149
TL
F

1-1

150
CN
C
3-1


151
2010/11
TCG
F
5-3


152
CN
F


1-2
153
CN
C
3-0


154
2011/12
CN
C
2-1


155
TL
F
4-1


156
CN
F


0-1
157
2012/13
CN
C
3-0


158
CN
F
4-0


159
TP
N
?


TOTAIS
58 - 41 -  7 - 10
(106/43)


No Jamor pela 28.ª vez
O "Glorioso" disputou finais da Taça de Portugal em sete estádios com preponderância no Estádio Nacional onde já jogou 27 finais. Mesmo depois da inauguração do Estádio Nacional, em 10 de Junho de 1944 o Benfica rumou duas vezes a estádios alheios para jogar a posse da Taça de Portugal: Em 1974/75 no estádio do Sporting CP para defrontar o Boavista FC e em 1982/83 (mas jogada no início de 1983/84) no estádio do FC Porto para defrontar o... FC Porto. FCP sempre na história do "Futeluso" no lugar das aberrações.


1992/93

QUADRO III
FINAIS DA TAÇA DE PORTUGAL
Estádios
Conquistadas
Perdidas
Nome
N.º
N.º

N.º

Estádio Nacional
27
20
48/49; 50/51; 51/52; 52/53; 54/55; 56/57; 58/59; 61/62; 63/64; 68/69; 69/70; 71/72; 79/80; 80/81; 84/85; 85/86; 86/87; 92/93; 95/96; 2003/04
7
57/58; 64/65; 70/71; 73/74; 88/89; 96/97; 2004/05
Salésias
(CF "Belenenses")
3
2
42/43; 43/44
1
38/39
Campo Grande (Lisboa, SCP)
1
1
29/30
-
-----
Arnado (Coimbra, SC Conimbricense)
1
1
30/31
-
-----
Lumiar  (SCP)
3
2
34/35; 39/40
1
37/38
José Alvalade (SCP)
1
-
-----
1
74/75
Antas (FCP)
1
1
82/83
-
------
TOTAIS
37
27
Conquistadas
10
Perdidas
NOTAS: Em 1934/35, 1937/38 e 1939/40 o Benfica jogou no campo do adversário com o Sporting CP, se bem que em 1934/35 fosse alugado ao jogo;
         Em 1982/83 a final foi no campo do adversário (FC Porto)

1995/96


São 24 ou 27 as conquistas do "Glorioso"
A Taça de Portugal sucedeu ao Campeonato de Portugal (1921/22 a 1938/39) como está escrito no Relatório da FPF de 1938/39, mas a FPF a partir dos anos 60, para não considerar o Campeonato da I Liga como antecedente do Campeonato Nacional da I Divisão não os contabiliza, pois o artigo do Relatório que equipara as competições é o mesmo. Nem têm essa informação disponível no "site". Para a FPF o Benfica tem 29 CN e 3 CL + 3 CP (em 4 finais) e 24 TP (em 33 finais). Mas como prova o documento da própria FPF é aldrabice. Com rigor será a 38.ª final (34.ª desde que esta competição a eliminar se designa Taça de Portugal). A FPF não cumpre o que a... FPF decidiu em 1938. O que são estes FPF's? Trapalhões! Aldrabões! E outras palavras bocagianas acabadas em -ões! Como pimpões!



in Relatório da Federação Portuguesa de Futebol em 1938/39; página 6

Incompetentes e aldrabões não fazem Lei (o tempo se encarregará de repor a verdade e legalidade)
Eles na FPF podem ser o que quiserem (e são!). Podem ser mentirosos, aldrabar a história e desrespeitar a instituição FPF que decidiu e implementou a decisão em 1938. Não podem é fazer dos outros - os que respeitam a história do futebol português - gente igual a eles. Que sejam palermas por conta própria. Eu recuso fazer parte desse grupo.
                            QUADRO IV
              CLUBES COM FINAIS DA TAÇA DE
              PORTUGAL NO ESTÁDIO NACIONAL
Clubes
T
V
D
SL BENFICA
27
20
7
FC Porto
25
15
10
Sporting CP
24
12
12
Vitória FC Setúbal
9
3
6
CF "Os Belenenses"
5
3
2
Boavista FC
4
3
1
Ass. Académica Coimbra
4
1
3
SC Braga
3
1
2
Vitória SC Guimarães
3
0
3
Atlético CP
2
0
2
CS Marítimo
2
0
2
CF Estrela Amadora
1
1
0
SC Beira-Mar
1
1
0
SCU Torreense
1
0
1
SC Covilhã
1
0
1
Rio Ave FC
1
0
1
SC Farense
1
0
1
SC Campomaiorense
1
0
1
Leixões SC
1
0
1
UD Leiria
1
0
1
FC Paços Ferreira
1
0
1
GD Chaves
1
0
1
TOTAIS
120
60
60

Benfica de Classe. Nunca jogou a final "em casa"...
... nem houve qualquer final num estádio do SL Benfica. Os outros sim. Clubes do(s) Regime(s). 

 2003/04

Ser Glorioso no Jamor é Ser Benfica

Alberto Miguéns

NOTA: Jorge Sousa uma aberração (aquele tique de encostar a cabeça diz tudo), tal como o clube que o protege dentro do "Futeluso". Se ele puder "leva a Taça" para o FC Porto. Ou resquícios dela...





0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail