A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

18/08/2012

Um Artista a Trabalhar…

18/08/2012 + 1 Comentários API
OPINIÃO

… a favor dos andróides
Como se sabe – há tantas épocas que é assim – a dualidade de critérios dos árbitros (que dependem dos poderes e influências do FCP para singrar e ganhar muitos $$$$$) têm muita influência nos resultados dos jogos e desfecho das competições.
Por isso, nos últimos 25 anos (1987/88 – 2011/12) conquistámos 5 títulos (sem campeonatos consecutivos, nem “dobradinhas”) de campeão nacional (o FCP “sacou” 17).
Quantos treinadores não foram questionados (e tinham qualidade suficiente para os conquistar) pelo Benfica? E quantos futebolistas com qualidade acima da média foram impedidos de se sagrarem campeões com o “Manto Sagrado”? E quantos dirigentes não conseguiram dar brilhantismo à sua dedicação ao Clube?
Fotografia gentilmente cedida por Isabel Cutileiro
O Cardozão 155 não chegou para vencer o "Artista"(Artur Soatres Dias) e seus "Amigos de Ocasião" (SC Braga)
Quem vai ser culpado do empate (e dos dois pontos que “foram ao ar”)?
O defesa-esquerdo que não tem rotina para o lugar!
O treinador que não tomou as melhores opções técnicas, na organização do plantel (ausência de um defesa-esquerdo “de raiz”), na escolha da táctica e do onze e nas substituições!
O presidente que contratou Jorge Jesus (ou que o manteve depois da segunda época)!
Tentar minimizar os desvarios dos artistas do costume
É evidente que temos que dar o mínimo (ou quanto menos melhor) de pretextos para encobrirem os artistas e as habilidades com que nos trucidam! Por isso há que ter muito cuidado.
Como sabemos o que nos fazem, há que ter atenção redobrada e ter os procedimentos correctos para não lhes dar motivos para nos “entalarem”!
Há anos que andamos nisto. Arranjamos, sempre, um bode expiatório, ou mais, entre futebolistas, treinadores e dirigentes, para encobrir os artistas do costume!
Que tenhas muita “sorte”* em 2012/13 “Glorioso”
Alberto Miguéns



NOTA1: “sorte”* (no Benfica) é há mais de 25 anos, sinónimo de “mesmo sendo prejudicado, conseguir ganhar”!

NOTA2: Este jogo 4904 do “Glorioso” pode ter sido – para alguns entre poucos e muitos - o pior jogo da nossa história, mas o que é certo é que se não fosse o “artista” na 1.ª jornada contabilizaríamos os respectivos três pontos, tantos os que são atribuídos a cada vitória…

1 comentários
comentários
  1. Estás a falar da expulsão perdoada ao Alan ainda na 1ª parte e o penalti sobre o Rodrigo feito pelo Salino que já tinha amarelo, certo?

    O golo que nos foi anulado, lá de cima pareceu-me que o Cardozo tocou no fiteiro do beto pimparel, e a partir daí...

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail