A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

28/06/2012

Agora a Selecção! Porquê?

28/06/2012 + 2 Comentários API

OPINIÃO
              
        SN 001; 18.12.1921; Primeira Selecção Nacional com Jorge Vieira (SCP), José Maria Gralha (Casa Pia AC, formado no SLB), Augusto Lopes (Casa Pia AC), António Pinho (Casa Pia AC, formado no SLB), Ribeiro dos Reis (SLB), capitão Cândido de Oliveira (Casa Pia AC, formado no SLB), Artur Augusto (FCP, formado no SLB), Vítor Gonçalves (SLB), João Francisco (SCP), Carlos Guimarães (CIF, formado no SLB) e, o marcador do golo, Alberto Augusto (SLB)



Bruto Alto. Ainda tens muito a "pagar" por esta encomenda!

SN 527; 27.06.2012; Última Selecção: uma Selecção sem Benfica é uma selecção vazia


NOTA1: No final deste texto "mais ou menos longo" está o "Caso" Nélson Oliveira. Apenas uma opinião. Nada mais que isso!

NOTA2: Para não existirem dúvidas quanto à minha opinião acerca de Selecção Nacional (SN) registo o seguinte:
1.      Não considero que a selecção nacional seja Portugal, nem que a SN represente o país enquanto Estado-Nação. A SN representa o futebol dos portugueses. É neste aspecto um símbolo, mas um entre vários, ainda que dos mais importantes, pela visibilidade e popularidade do futebol;
2.    Os futebolistas não “defendem” Portugal, nem “atacam” outros países, apenas “defendem” (porque a representam) uma instituição de Portugal, a FPF;
3.    A SN é cada vez mais um clube da FPF;
4.    Considero que a utilização legítima, porque legal, de naturalizados na SN a descredibiliza como símbolo nacional, mas entende-se numa lógica de equipa do Clube FPF;
5.     Para mim, é por interesse – económico e de valorização profissional – que jogadores que já chegaram a Portugal como futebolistas juniores ou seniores (ou seja, com mais de 18 anos) querem jogar na selecção;
6.    Vejo a SN sempre numa perspectiva do que “será melhor para o Benfica!” (no que isto tem de mais subjectivo);
7.     As vitórias da SN alegram-me sempre, sem exuberância (numa alegria proporcional ao número de futebolistas do Benfica que nela jogarem) mas as derrotas ou insucessos praticamente não me afectam (numa tristeza proporcional ao número de futebolistas do Benfica que nela jogarem);
8.    Tenho especial carinho por ex-atletas do Benfica que joguem pela SN, que tenham deixado boas recordações (em termos de respeito pelo Clube) enquanto envergaram o “Manto Sagrado”;
9.    Nunca pagaria bilhete para ver um jogo da SN (a não ser que tivesse 11 jogadores do Benfica ou que se enquadrassem na nota anterior);
10.                       Fiquei radiante quando o Benfica contratou Poborski, que tinha feito uma chapelada ao Vítor Baía. Quando passou a ser jogador do Benfica não me importava que em vez de uma tivesse feito, nesse jogo, meia dúzia.

A selecção portuguesa com um futebol muito contido, na expectativa do contra-golpe (ou como se diz agora “em transições rápidas) pouco exuberante “À Paulo Bento” (foi das selecções que teve menos posse de bola) esteve muito bem, apenas sucumbindo no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, numas meias-finais frente à campeã europeia (2008) e mundial (2010). E quem sabe se não é bicampeã europeia! A selecção continua a mostrar que é muito melhor nas fases finais que nas fases de apuramento. É bom não esquecer – apesar de nos impingirem isso na cacofonia gerada aquando das presenças nas fases finais, que se fosse à moda antiga (4 ou 8 selecções nas fases finais) a selecção portuguesa, que já soma seis participações (1984, meias-finais; 1996, quartos-de-final; 2000, meias-finais; 2004, final; 2008, quartos-de-final; 2012, meias-finais), só estaria em três: em 1984, meias-finais, depois de vencer o grupo 2 na fase de qualificação e ficar em 2.º lugar – atrás da Espanha – no grupo 2 na fase final; em 1996, quartos-de-final depois de vencer o grupo 6 na fase de qualificação e vencer o grupo D na fase final; e em 2004 por ser o país organizador. Em 2000 ficou atrás da Roménia na fase de apuramento, mas enquanto Portugal chegou às meias-finais, a Roménia foi eliminada nos quartos-de-final. Em 2008 ficou atrás da Polónia na fase de apuramento, mas enquanto Portugal chegou aos quartos-de-final (depois de vencer o grupo A), a Polónia foi eliminada ao ficar em 4.º lugar no grupo B. Em 2012 ficou atrás da Dinamarca na fase de apuramento, mas enquanto Portugal chegou às meias-finais (depois de ficar em 2.º lugar no grupo B), a Dinamarca foi eliminada ao ficar em 3.º lugar no mesmo grupo B. É mais fácil “fazer figura” nas fases finais que garantir o apuramento!

SELECÇÃO NACIONAL NOS EUROPEUS
(FASES DE APURAMENTO E FASES FINAIS)
Edição/
Ano
País
FFinal
N.º Sel.
F.Final
Grupo Apuramento PORTUGAL
1.º
2.º
3.º
1.ª
1960
França
4
Portugal eliminado ¼ final pela Jugoslávia (2.º lugar FF)
2.ª
1964
Espanha
4
Portugal eliminado 1/16 final pela Bulgária (Elim. 1/8)
3.ª
1968
Itália
4
Portugal (2.º) eliminado grupo 2 pela Bulgária (Elim. 1/4)
4.ª
1972
Bélgica
4
Portugal (2.º) eliminado grupo 5 pela Bélgica (3.º lugar FF)
5.ª
1976
Jugoslávia
4
Portugal (3.º) eliminado grupo 1 pela Checoslováquia (Campeã)
6.ª
1980
Itália
8
Portugal (3.º) eliminado grupo 2 pela Bélgica (2.º lugar na FF)
7.ª
1984
França
8
PORT.
URSS
Polónia
8.ª
1988
Alemanha
8
Itália
Suécia
Portugal
9.ª
1992
Suécia
8
Holanda
Portugal
Grécia
10.ª
1996
Inglaterra
16
PORT.
Irlanda
I.                  Irl. Norte
11.ª
2000
Bél. /Hol.
16
Roménia
PORT.
Eslováquia
12.ª
2004
Portugal
16
Apurado como país organizador da fase final
13.ª
2008
Áus. /Suí.
16
Polónia
PORT.
Sérvia
14.ª
2012
Pol. / Ucr.
16
Dinamarca
PORT.
Noruega

Bem representados nos jogos entre os Países Ibéricos
Em 37 jogos, apenas, num jogo – em 1930 – não houve futebolistas do Benfica (nem do Sporting CP) – devido a um famoso diferendo entre a AFL e a FPF. Mas… os futebolistas convocados pela sua actividade/ exibições durante as épocas Benfica vão escasseando. Lá vamos tendo um – desta vez foi o Nélson Oliveira – mas raramente são escolhidos para o onze titular.

TODOS OS FUTEBOLISTAS DO BENFICA EM TODOS OS JOGOS DA PRINCIPAL SELECÇÃO NACIONAL, ENTRE PORTUGAL E ESPANHA
N.º
Data
Comp.
Res
Local
N.º
SLB
Futebolistas
Cap
Gol
001
18.12.1921
Par
D
1-3
Aviacion
Madrid
ESPANHA
3
Vítor Gonçalves
An Ribeiro Reis
Alberto Augusto
--
AA
(1)
002
17.12.1922
Par
D
1-2
Lumiar
Lisboa
PORTUGAL
3
Fernando Jesus
Vítor Gonçalves
Alberto Augusto
VG
--
003
16.12.1923
Par
D 0-3
Helmantico
Sevilha
ESPANHA
4
Francisco Vieira
Fernando Jesus
Alberto Augusto
Jesus Crespo
--
--
004
17.05.1925
Par
D 0-2
Lumiar
Lisboa
PORTUGAL
2
Francisco Vieira
Mário Carvalho
--
--
011
29.05.1927
Par
D 0-2
Aviacion
Madrid
ESPANHA
2
Raul Figueiredo
Jorge Tavares
--
--
012
08.01.1928
Par
E
2-2
Lumiar
Lisboa
PORTUGAL
2
Raul Figueiredo
Vítor Silva
--
--
019
17.03.1929
Par
D 0-5
Helmantico
Sevilha
ESPANHA
2
Jorge Tavares
Vítor Silva
--
--
025
30.11.1930
Par
D 0-1
Ameal
Porto
PORTUGAL
0
--
--
--
030
02.04.1933
Par
D 0-3
Balaídos
Vigo
ESPANHA
2
Luís Xavier
Vítor Silva
--
--
031
11.03.1934
CM
fa
D 0-9
Chamartin
Madrid
ESPANHA
2
Domingos Lopes
Augusto Amaro
--
--
032
18.03.1934
CM
fa
D
1-2
Lumiar
Lisboa
PORTUGAL
3
Augusto Amaro
Vítor Silva
Domingos Lopes
--
VS
(1)
033
05.05.1935
Par
E
3-3
Lumiar
Lisboa
PORTUGAL
4
Gustavo Teixeira
Albino
Vítor Silva
Valadas
GT
--
036
28.11.1937
Par
V
2-1
Balaídos
Vigo
ESPANHA
5
Gustavo Teixeira
Albino
Valadas
Gaspar Pinto
Espírito Santo
GT
Val
(1)
038
30.01.1938
Par
V
1-0
Salésias
Lisboa
PORTUGAL
4
Gustavo Teixeira
Albino
Espírito Santo Valadas
GT
--
044
12.01.1941
Par
E
2-2
Salésias
Lisboa
PORTUGAL
1
Francisco Ferreira
--
--
045
16.03.1941
Par
D
1-5
S. Mamés
Bilbau
ESPANHA
2
Francisco Ferreira
Espírito Santo
--
--
047
11.03.1945
Par
E
2-2
Est. Nac.
Jamor
PORTUGAL
2
Francisco Ferreira
Espírito Santo
--
--
048
06.05.1945
Par
D
2-4
Riazor
Corunha
ESPANHA
3
Francisco Ferreira
Moreira
Espírito Santo
--
--
053
26.01.1947
Par
V
4-1
Est. Nac.
Jamor
PORTUGAL
3
Francisco Ferreira
Moreira
Rogé. Carvalho
--
--
058
21.03.1948
Par
D
0-2
Chamartin
Madrid
ESPANHA
3
Moreira
Francisco Ferreira
Julinho
FF
--
061
20.03.1949
Par
E
1-1
Est. Nac.
Jamor
PORTUGAL
2
Félix
Francisco Ferreira

FF
--
064
02.04.1950
CM
Fa
D
1-5
Chamartin
Madrid
ESPANHA
3
Félix
Francisco Ferreira
Arsénio
FF
--
065
09.04.1950
CM
Fa
E
2-2
Est. Nac.
Jamor
PORTUGAL
3
Félix
Francisco Ferreira
Arsénio
FF
--
088
03.06.1956
Par
V
3-1
Est. Nac.
Jamor
PORTUGAL
5
Ãngelo
Fr. Palmeiro
José Águas
Fr. Caiado
Costa Pereira
FC
FP
(3)
097
13.04.1958
Par
D
0-1
Chamartin
Madrid
ESPANHA
2
Ãngelo
Coluna
--
--
126
15.11.1964
Par
V
2-1
Antas
Porto
PORTUGAL
7
Costa Pereira
Germano
Cruz
Coluna
José Augusto
José Torres
Eusébio
Ger
Eus
(2)
209
26.09.1979
Par
E
1-1
Balaídos
Vigo
ESPANHA
9
Bento
Bastos Lopes
Alhinho
Alberto
Humberto Coelho
Chalana
Nené
Reinaldo
Shéu
HC
Nené
(1)
221
20.06.1981
Par
V
2-0
Antas
Porto
PORTUGAL
7
Bento
Pietra
Carlos Manuel
Shéu
Alves
Nené
Chalana
--
Nené
(1)
245
17.06.1984
CE
FF
E
1-1
Velódromo
Marselha
FRANÇA
5
Bento
Álvaro
Carlos Manuel
Chalana
Diamantino
Ben
--
292
16.01.1991
Par
E
1-1
Municipal
Castellón
ESPANHA
5
Veloso
Vítor Paneira
Paulo Sousa
Rui Águas
Silvino
--
--
301
15.01.1992
Par
E
0-0
A.Vieira
TorNovas
PORTUGAL
4
Rui Bento
Vítor Paneira
Paulo Madeira
César Brito
--
--
319
19.01.1994
Par
E
2-2
Balaídos
Vigo
ESPANHA
5
Vítor Paneira
Rui Costa
João Pinto
Neno
Veloso
--
--
394
13.02.2002
Par
E
1-1
Montjuic
Barcelona
ESPANHA
1
Simão Sabrosa
--
--
412
06.09.2003
Par
D
0-3
D.A.Hen
Guimarães
PORTUGAL
1
Miguel
--
--
424
20.06.2004
CE
FF
V
1-0
Alvalade
Lisboa
PORTUGAL
3
Miguel
Nuno Gomes
Petit
NG
NG
(1)
504
29.06.2010
CM
1/8
D
0-1
P . Verde
Cid. Cabo
AF. SUL
1
Fábio Coentrão
--
--
509
17.11.2010
Par
V
4-0
SLB
Lisboa
PORTUGAL
1
Carlos Martins
--
CM
(1)

527

27.06.2012
CE
1/2
E
0-0
DonBass
Donetsk
UCRÂNIA
1
Nélson Oliveira
--
--

Benfica como baluarte da selecção nacional
O “Glorioso” foi durante muito tempo o principal “fornecedor” de futebolistas para a selecção nacional se organizar e jogar. E ainda somos, entre os clubes, a que cedeu mais jogadores, que somam mais internacionalizações no total, mais golos e jogos a capitanear as “quinas”. Sendo a selecção espanhola a maior “cliente” da congénere portuguesa, também nestes 37 encontros o Benfica cedeu 67 futebolistas, que totalizam 117 internacionalizações, 11 golos (de oito marcadores) e 7 capitães, com um total de 12 encontros.

RESUMO DE TODOS OS FUTEBOLISTAS DO BENFICA EM TODOS OS JOGOS DA SELECÇÃO NACIONAL, ENTRE PORTUGAL E ESPANHA
Min
J
G
C
Futebolista

Jogo c/ ESP
1.º
últ
810
9
-
4
Francisco Ferreira
15.º
23.º
450
5
1
-
Vítor Silva
6.º
12.º
405
5
-
-
Guilherme E. Santo
13.º
18.º
270
3
1
-
Alberto Augusto
1.º
3.º
270
3
-
3
Gustavo Teixeira
12.º
14.º
270
3
-
-
Francisco Albino
12.º
14.º
270
3
-
-
Francisco Moreira
18.º
20.º
225
3
-
-
Félix Antunes
21.º
23.º
225
3
-
-
Bento
27.º
29.º
217
3
-
-
Vítor Paneira
29.º
31.º
203
3
-
-
Chalana
27.º
29.º
180
2
-
1
Vítor Gonçalves
1.º
2.º
180
2
-
-
Fernando Jesus
2.º
3.º
180
2
-
-
Francisco Vieira
3.º
4.º
180
2
-
-
Raul Figueiredo
5.º
6.º
180
2
-
-
Jorge Tavares
5.º
7.º
180
2
-
-
Domingos Lopes
10.º
11.º
180
2
-
-
Arsénio
22.º
23.º
180
2
-
-
Ângelo
24.º
25.º
180
2
-
-
Coluna
25.º
26.º
180
2
-
-
Miguel
33.º
34.º
171
2
2
-
Nené
27.º
28.º
165
2
-
-
Augusto Amaro
10.º
11.º
140
2
-
-
Costa Pereira
24.º
26.º
135
2
-
-
Carlos Manuel
28.º
29.º
131
3
1
-
Valadas
12.º
14.º
113
2
-
-
Veloso
29.º
31.º
93
2
-
-
Shéu
27.º
28.º
90
1
-
-
António Ribeiro Reis
1.º
90
1
-
-
Jesus Muñoz Crespo
3.º
90
1
-
-
Mário Carvalho
4.º
90
1
-
-
Luís Xavier
9.º
90
1
-
-
Rogério Carvalho
19.º
90
1
-
-
Julinho
20.º
90
1
3
-
Francisco Palmeiro
24.º
90
1
-
-
José Águas
24.º
90
1
-
1
Fernando Caiado
24.º
90
1
-
1
Germano
26.º
90
1
-
-
Cruz
26.º
90
1
-
-
José Augusto
26.º
90
1
-
-
José Torres
26.º
90
1
2
-
Eusébio
26.º
90
1
-
-
António Bastos Lopes
27.º
90
1
-
-
Alhinho
27.º
90
1
-
-
Alberto
27.º
90
1
-
1
Humberto Coelho
27.º
90
1
-
-
Pietra
28.º
90
1
-
-
Álvaro
29.º
90
1
-
-
Paulo Sousa
29.º
90
1
-
-
Rui Bento
29.º
90
1
-
-
Rui Costa
31.º
90
1
-
-
João Pinto
31.º
90
1
-
-
Fábio Coentrão
35.º
90
1
1
-
Carlos Martins
36.º
59
1
-
-
Rui Águas
29.º
45
1
-
-
Gaspar Pinto
13.º
45
1
-
-
João Alves
28.º
45
1
-
-
Silvino
29.º
45
1
-
-
Neno
31.º
45
1
-
-
Simão Sabrosa
32.º
45
1
1
1
Nuno Gomes
34.º
39
1
-
-
Nélson Oliveira
37.º
29
1
-
-
César Brito
30.º
17
1
-
-
Paulo Madeira
30.º
13
1
-
-
Diamantino
29.º
12
1
-
-
Petit
34.º
9
1
-
-
Reinaldo
27.º
TOT
117
11
12
67 jogadores
---
---

Mais jogadores do “Glorioso”
Tendo em conta as condições de mercado – Portugal não consegue competir em “finanças de futebol” com seis ou sete nações – os nossos melhores jogadores estão “condenados” a jogarem no estrangeiro. Pode ser que os novos contratos televisivos – se a Olivedesportos for “à vida” – permitam “segurar” os novos valores e fazer regressar outros…

O “caso” Nélson Oliveira
Uns a fazerem de outros
Há sempre muita cacofonia à volta da selecção quando esta compete, em Defesa da Pátria, em fases finais das grandes competições – Campeonatos do Mundo e da Europa. Só que em 2012 assisti a algo inédito, mas bem português que é “a arte de ser uma coisa e gostar de fazer de outra”! Desde há algum tempo que havia treinadores que fazem de jornalistas. Agora assiste-se a uma nova moda que é os jornalistas a fazerem de treinadores. Uma moda “À la Freitas Lobo” que tem um novo intérprete… Carlos Daniel, o tal que diz em privado que é Benfiquista e em público que é do Paredes. Agora percebo porque almoça e janta ele com tantos treinadores, incluindo Jorge Jesus. Andou a aprender umas “coisas”. Só que não me interessa, minimamente, treinadores a fazer de jornalistas e jornalistas a fazer de treinadores. Como diz o povo “Cada macaco no seu galho”. Por isso vejo jornalistas a interpretar tácticas e coisas afins como planos de jogo, transições, coberturas, espaços, eu sei lá que mais. Eu gostava era de ver os jornalistas a fazerem de… jornalistas. Mas isso é difícil. É mais fácil fazer de treinador. Se andam todos a fazer do que não são, eu também posso. Aqui vai.

NÉLSON OLIVEIRA NA SELECÇÃO PRINCIPAL
Competição
Data
Adversário
S

Particular
29.02.2012
Polónia
F
Entrou aos 81’
Particular
26.05.2012
Macedónia
C
Entrou aos 81’
Particular
02.06.2012
Turquia
C
Entrou aos 73’
CE-FF-fg
09.06.2012
Alemanha
N
Entrou aos 7o’
CE-FF-fg
13.06.2012
Dinamarca
N
Entrou aos 64’
CE-FF-fg
17.06.2012
Holanda
N
Entrou aos 64’
CE-FF-1/4
21.06.2012
Rep. Checa
N
Não jogou
CE-FF-1/2
27.06.2012
Espanha
N
Entrou aos 81’

O “caso” Nélson Oliveira
Eu a fazer de jornalista
Não me parece que o Nélson Oliveira tenha futuro “nesta” selecção. Na selecção do Cristiano Ronaldo. Porquê? Porque Nélson Oliveira é um ponta-de-lança para marcar golos. E o que Cristiano Ronaldo quer é um avançado que faça de “poste” para ele – Cristiano Ronaldo – marcar golos… muitos golos. Nélson Oliveira só jogará na selecção, só terá futuro nesta, se deixar de “querer marcar” golos e passar a trabalhar para “tirar os defesas” do caminho do Cristiano Ronaldo. Ou seja, fazer de Hélder Postiga ou Hugo Almeida. Oxalá eu esteja enganado, porque das duas uma. Ou Nélson Oliveira se apercebe da situação e começa a fazer de poste para poder ser titular (e deixa de ser um grande goleador, que potencial para isso tem ele). Ou Nélson Oliveira continua a evoluir para ser o melhor marcador das equipas onde jogar e Cristiano Ronaldo não o quer ver por perto na Selecção. Mas isto sou eu a pensar e a escrever no EDB. Não me interpretem mal… Até porque considero Cristiano Ronaldo um dos melhores executantes de toda a história do futebol mundial. Tal como Matthews, Pelé e Maradona. Todos nessa categoria, a dos executantes. Porque há outra, a dos criativos, e aí coloco Messi, tal como Eusébio e Di Stefano.

Ficou para trás 27 de Junho e já está aí – a um mês - 27 de Julho com um Benfica vs Real Madrid CF para a Eusébio Cup. Falta um mês para reviver este Portugal vs Espanha… de ontem. Mas mais “saboroso”

Alberto Miguéns

2 comentários
comentários
  1. patriarca disse:


    De facto fiquei satisfeito com o desfecho, portugal jogou bem, mas ganhou a Espanha.

    ResponderEliminar
  2. Jonny8Forever28/6/12 13:13

    É um prazer ler opiniões que coincidem com as minhas 100%.
    Cumprimentos gloriosos

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail