A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

29/11/2011

Serpadas

29/11/2011 + 10 Comentários
OPINIÃO
            

Vítor Serpa em A Bola 22 de Novembro de 2011


É inadmissível que um director de jornal escreva um texto deste calibre. O que pretenderá ele?

Enxovalhar os Benfiquistas?

Mostrar ignorância?

Saberá o significado da palavra “mísero”?

Pensará que mísero é sinónimo de poucos?

Pensará que os Benfiquistas são miseráveis?

Este Serpa nunca passará de burguês pedante!



Os Benfiquistas em Old Trafford deram-lhe a resposta. Censor Serpa… toma e embrulha…

Alberto Miguéns
10 comentários
comentários
  1. patriarca disse:

    Esse tipo serpa como falou e escreveu ENXOVALHOU os Benfiquistas e DENEGRIU Dolosamente a imagem do Benfica, é portanto um porco que grunhiu porque tem gamela onde o fazer que é o PASQUIN por si mal dirigido e que nenhum Benfiquista deveria comprar, para sequer esse antipoda poder comprar uma garrafa de veneno, porque nada lhe faz mal, tal é a estirpe desse marmanjo sem responsabilidade e especialmente SEM ÉTICA.

    ResponderEliminar
  2. Também não queria acreditar!

    ResponderEliminar
  3. A culpa é dos Benfiquistas masoquistas que teimam em comprar jornais onde são insultados.

    ResponderEliminar
  4. Estimado Alberto, não haverá nenhum engano da vossa parte? É que ele no mesmo dia escreveu «Uma ostensiva indiferença. Manchester - A ostensiva indiferença com que os jornalistas ingleses receberam o Benfica tornou-se num agressivo sinal de espírito de superioridade. Todos os jornalistas ingleses acreditam tanto na vitória do United – especialmente os jornalistas de Manchester - que na chegada do Benfica não havia um único fotógrafo ou um único repórter inglês. Para eles, o Benfica não é notícia, porque é o clube suposta e inevitavelmente perdedor. Nem mesmo na conferência de imprensa de Jorge Jesus houve o mais pequeno interesse. Apenas um jornalista, tão mudo quanto enfastiado, se incomodou a fazer, enfim, uma pergunta, porque Jorge Jesus dissera que não considerava a liga inglesa como uma das melhores do mundo. «Porquê?» - quis saber, quase ofendido, o jornalista. Jesus comprou a guerra e disse que, para ele, a liga espanhola, alemã e italiana eram melhores e que por isso é que na tentativa de melhorar a liga inglesa vêm tantos treinadores e jogadores estrangeiros. O olhar do jornalista fulminou o técnico e nem mais uma pergunta inglesa se ouviu em toda a conferência de imprensa. Dizem alguns que por cá vivem que essa é uma maneira do United começar a ganhar os jogos. Tentar demonstrar como o adversário é insignificante e, por isso, incapaz de poder fazer outra coisa que não seja conformar-se com o pobre destino dos derrotados. A questão é saber se Jorge Jesus será capaz de convencer a sua equipa a fazer engolir a soberba britânica e surpreender, de uma vez, a Inglaterra e o mundo. Não se pode dizer, pelo menos, que o projecto não seja aliciante...» - Vitor Serpa, jornal A Bola, 22 de Novembro de 2011.

    ResponderEliminar
  5. Este texto integra-se na orientação do Vítor Serpa (VS), que só é director de A Bola por ser filho de Homero Serpa. Com VS A Bola tornou-se um jornal chauvinista, pois necessita de engraxar os portugueses mediáticos para obter deles entrevistas e promoções, para sustentar um jornal despesista, que paga muito a alguns e muito pouco a quase todos, não promovendo a qualidade. Esse texto é "chapa cinco" de VS, pode substituir-se Benfica por Porto, Sporting ou qualquer outro emblema português. Com VS A Bola deixou de ser um jornal de referência, mesmo no estrangeiro, para ser um jornal à sua imagem - pacóvio.

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
  6. Com certeza (embora eu não tenhaassim tanta), "o Serpa" não terá querido ofender os benfiquistas mas apenas dizer que APENAS 3 mil para tanto inglês poderia ser pouco. Mas não foi! Ouviram-se e bem! E se tivessemos ganho? Ó Serpa, o Benfica não é o Zbording!

    ResponderEliminar
  7. Será verdade Sr. Alberto Miguéns que em Portugal de hoje só os iletrados e os palermas do jornalismo avençado não abrem os olhos as falsidades que dizem todos os dias nas suas paginas sempre contra o glorioso .

    Será Sr. Alberto Miguéns que este pasquim do serpalheira vai ter os dias contados por estar entregue a um grupo de vândalos de arruaceiros de gente sem um mínimo de ética e moral...

    Sabe Sr. Alberto Miguéns DEUS nos acuda pois nem a senhora de Fátima quer saber de tal país com tais eguas desabridas.

    ResponderEliminar
  8. Triste. Se o que escreveu fosse sobre os corruptos já tinha enfardado como o baldemar da tbi.

    ResponderEliminar
  9. Conde de Vimioso30/11/11 01:26

    E andou este rafeiro na altura do Prec armado em educador do povo, este sabujo, este vendido, que cospe no prato que o alimenta, este mentecapto que transformou um jornal apelidado de Biblia num reles pasquinoide.

    Grande é o exercito "vermelho", mas a fraqueza de quem o dirige, fá-lo fraco.

    ResponderEliminar
  10. Eu não entendo é uma coisa. Porque é que os benfiquistas continuam a comprar jornais desportivos.
    Nós temos o jornal "O BENFICA" para comprar e fala do mundo Benfica, não tendo folhas sujas com os corruptos, ou seus submissos. O jornal do Benfica só tem de tiragem 10.000 exemplares e a massa adepta do clube é de milhões. Algo de errado se passa aqui.

    Miguel

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail