A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

17/11/2011

Andebol (Resposta e Pergunta). Futebol (Constatação)

17/11/2011 + 3 Comentários
          Fábio Miguel Leite disse...
em termos europeus qual é a nossa história no andebol? Têm ideia da época em nos estreamos nas competições europeias da modalidade?

A resposta será a “dois tempos”. Primeiro a estreia do Andebol Benfiquista nas competições europeias. A segunda parte (historial na Europa) fica para 2012, quando no EDB assinalarmos os 80 anos do Andebol no Benfica.

Conquistámos o 1.º título de campeão Nacional na temporada de 1961/62. Na temporada seguinte (1962/63) estreámo-nos na única prova europeia existente a Taça dos Clubes Campeões Europeus, que ia na 5.ª edição. O sorteio determinou que a 1.ª eliminatória seria disputada apenas num jogo, em 10 de Novembro de 1962, no recinto de um dos clubes. Resultado: Jogámos em Madrid, no Palácio dos Desportos, frente ao campeão espanhol, a equipa do Clube Atlético de Madrid, perante seis mil espanhóis. Fomos eliminados, com derrota por 6-13 (com 1-5 ao intervalo).

A equipa (com as designações da época (D - defesas; A - avançados):
GR:   Guilherme
DD:   Ricardo Plácido (cap)…… 4 golos
DC:   Fernando Godinho
DE:   Cardoso
AD:   Chaves
AC:   Guerreiro
AE:   César         ……………………..…… 1 golo
Sup:  Ângelo Pintado…….……… 1 golo
Sup:  Portela
Sup:  Jorge Silva



Há ainda uma história curiosa. Em 1962/63 jogava-se Andebol de Onze (a origem da modalidade no Mundo e em Portugal, em 1931/32) e a Variante de Sete (em Portugal iniciou-se em 1950/51). Como as competições europeias eram em Sete, o “Glorioso” pediu para a época de 1962/63 - tal como em Espanha – se iniciar com o Andebol de Sete e terminar com o de Onze, para ficarmos em igualdade competitiva com o adversário. Vergonhosamente a FPA e a AAL (instrumentalizadas pelo Sporting CP e CF “Os Belenenses”) não aceitaram o pedido, obrigando-nos a estrear-nos na temporada… em Madrid, em 10 de Novembro de 1962. O próximo jogo em “Sete” foi – três meses depois - em 30 de Janeiro de 1963, na 1.ª jornada do Campeonato Regional (que apurava para o Campeonato Nacional). Só há - e desde há muito tempo - dois clubes em Portugal: o Benfica e o Anti-Benfica!

Os dirigentes do Benfica é que não pactuaram com tamanha 
irresponsabilidade da FPA e AAL. Decidiram que em 1962/63 
o Benfica jogaria pela última vez Andebol de Onze. E assim foi. 
Sem Benfica o Andebol de Onze durou mais quatro épocas... 
Pois!


PERGUNTA



Uma excelente exibição (V 32-20) permite-nos igualar na classificação o AA Águas Santas, ambos com 31 pontos, a um ponto da liderança do FC Porto (32 pontos, pois venceu em Braga, o ABC, por 26-20). O Sporting CP tem 29 pontos, mas menos um jogo (V = 3 p; E = 2 p; D = 1 p; DFC = 0 p). Faltam dez jogos para terminar a 1.ª fase. Temos TUDO para chegar ao final da mesma na liderança ou próximo dela. Recordemos que na 2.ª fase os seis clubes apurados (na 1.ªfase) iniciam-na com 50 por cento da pontuação obtida na 1.ª fase, com arredondamentos por excesso na pontuação ímpar {por exemplo, neste momento o FC Porto tem 16 pontos (32:2), mas o SL Benfica também tem 16 pontos (31:2=15,5 = 16)}.

Vamos passar/ continuar a ser “regulares”?

Ontem mostraram que querem ser Campeões Nacionais no final de 2011/12!

CONSTATAÇÃO
             
Aproxima-se o nosso jogo dos oitavos-de-final da 89.ª edição da Taça de Portugal (as 17 iniciais com o nome de Campeonato de Portugal). O Benfica nos últimos anos tem revelado muitas dificuldades em conquistar troféus e, mesmo, chegar às finais da competição (Quadro I). Vivemos um dos piores ciclos da nossa gloriosa história. Estamos há sete temporadas sem conquistar a Taça de Portugal e há seis épocas sem chegar à final. Se não chegarmos à final nesta temporada (será o pior ciclo com oito temporadas consecutivas) e se estivermos no Estádio Nacional, mas não conseguirmos o 28.º troféu (em 89) será o ciclo mais negativo, com sete épocas “em branco”!

QUADRO I
PIORES CICLOS NA TAÇA DE PORTUGAL
SEM CONQUISTAR O TROFÉU
SEM JOGAR A FINAL
N.º
O.
N.º Ép
ÉPOCAS
N.º
O.
N.º
Ép
ÉPOCAS
1.ª
Últ.
1.ª
Últ.
1
7
1972/73
1978/79
1
6
1997/98
2002/03
2
7
1996/97
2002/03
2
6
2005/06
2010/11
3
7
2004/05
2010/11
3
4
1975/76
1978/79
4
5
1987/88
1991/92
4
3
1931/32
1933/34
5
4
1964/65
1967/68
5
3
1965/66
1967/68

Se o rigor e a verdade obriga-nos a constatar que nos últimos anos temos conquistado muito pouco, com ciclos longos de escassas conquistas há que recordar que o “Glorioso” tem as melhores séries de conquistas e, presenças, em finais na Taça de Portugal (ver Quadro II).

QUADRO II
MELHORES CICLOS NA TAÇA DE PORTUGAL
CONQUISTAS CONSECUTIVAS
 FINAIS CONSECUTIVAS
N.º
O.
N.º Ép
ÉPOCAS
N.º
O.
N.º
Ép
ÉPOCAS
1.ª
Últ.
1.ª
Últ.
1
4
1948/49
1952/53
1
4
1948/49
1952/53
2
3
1984/85
1986/87
2
4
1968/69
1971/72
3
2
1929/30
1930/31
3
3
1937/38
1939/40
4
2
1942/43
1943/44
4
3
1956/57
1958/59
5
2
1968/69
1969/70
5
3
1984/85
1986/87
6
2
1979/80
1980/81


O Benfica chegou a ter no palmarés quase 40 por cento dos troféus disputados na Taça de Portugal (ver Quadro III). Em 1992/93, com 70 títulos atribuídos, o Benfica detinha 25, com o FC Porto (12) e Sporting CP (16), juntos, com 28 (apenas mais três que o “Glorioso”). De 1993/94 até 2010/11, disputaram-se 18 finais, com o Benfica a vencer…. duas {1996/97, ao Sporting CP (V 3-1) e 2003/04, ao FC Porto (V 2-1)}. Duas! Enquanto o FC Porto venceu… nove e o Sporting CP… quatro. Esta época, a 89.ª Taça de Portugal, tem de ser nossa!

QUADRO III
TROFÉUS CONQUISTADOS POR PERÍODOS DE
DEZ EDIÇÕES CONSECUTIVAS
(88)
1921/22
2010/11
SL BENFICA
FC
Porto
Sporting
CP
Outros
T
%A
T
%A
T
%A
T
%A
21/22-30/31
10
2
20
3
30
2
20
3
30
31/32-40/41
10
2
20
2
25
4
30
2
25
41/42-52/53
10
6
33
-
17
3
30
1
20
53/54-62/63
10
4
35
2
17
2
28
2
20
63/64-72/73
10
4
36
1
16
2
26
3
22
73/74-82/83
10
3
35
1
15
3
27
3
23
83/84-92/93
10
4
36
3
17
-
23
3
24
93/94-02/03
10
1
33
5
21
2
23
2
23
03/04-10/11
 8
1
32
4
24
2
22
1
22
TOTAIS
88
27
32
21
24
20
22
20
22
T – Número de troféus conquistados por cada 10 temporadas
%A – Percentagem acumulada, por cada clube, em relação ao total de troféus disputados

Vamos BENFICA. O Jamor espera-nos….

Alberto Miguéns
             


          

3 comentários
comentários
  1. Cá está o nosso MIGUÉNS com o seu serviço Publico!!!

    ResponderEliminar
  2. Mas isto de ser uma enciclopédia desportiva ao serviço do S.L.Benfica tem de ter o seu reconhecimento pelo planeta Vermelho ao sr Alberto Miguéns
    Sera que só os porkos mafiosos e avençados das medias escritas e faladas em portugal tem fotos na 1º pagina das tvs e jornais deste estrume de corruptos no desporto nacional ..

    continue meu grande,grande Benfiqista que o tempo lhe dara razão de tudo que diz e escreve sobre o S.L.BENFICA..

    MUITO obrigado por tudo isto e seja sempre MUITO FELIZ sempre ..

    VIVA O BENFICA

    Força Benfica CONTRA TUDO E CONTRA TODOS

    ResponderEliminar
  3. Fiquei desolado com a nossa exibição no charco dos sapóides. Será que é desta que voltamos a ganhar o campeonato em andebol ?

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail